23/12/22

Feliz Natal 2022

Olá boa noite. 
Apesar de andar muito ausente não podia deixar de desejar a todos os meus seguidores um excelente Natal .
Que estejam rodeados de muito amor e paz e sobretudo que possam estar junto dos que mais amam. 
Votos de umas boas festas para vocês e desculpem se vos tenho falhado. 

Deixo esta simples mensagem ilustrada com uma fotografia que tirei com o menino jesus que era da minha querida avó materna. 

Até breve.💔



22/12/22

Gnocchi com molho de queijo e nozes

Olá. Para o último desafio do ano 2022 da rúbrica “O ingrediente do mês” do Blog Intrusa na cozinha e Flor de Rosmaninho, trago uns deliciosos gnocchi com molho de queijo e nozes.
Usei Gnocchi de compra mas pode optar por fazer os seus em casa.



Ingredientes:

- 1 pacote de Gnocchi
- Água q.b para cozer os Gnocchi ( não coloque sal)
 
Ingredientes para o molho:
 
- 50 gramas de miolo de noz
- 200 gramas de natas
- 100 gramas de leite
- 100 gramas de queijo Parmesão (ou Gorgonzola)
- Meia colher de chá de sal
- 1 pitada de pimenta
-  Cebolinho para guarnecer



 
Preparação do molho no robot de cozinha:
 
No copo limpo coloque a noz e pique 2 segundos na velocidade 5 (se achar que os pedaços estão muito grandes para o seu gosto. pique mais um pouco). reserve.
Coloque no copo as natas e o leite e aqueça 4 minutos, temperatura 90º C, velocidade 2.
Adicione o queijo partido aos pedaços, o sal e a pimenta e programe 3 minutos, temperatura 90º C, velocidade 3.
 
Preparação do molho de modo tradicional:
 
Pique a noz num processador de alimentos e reserve.
Num tacho anti-aderente ferva o leite com as natas. Adicione o queijo partido aos pedaços, o sal e a pimenta e deixe derreter o queijo, mexendo sempre.
 
Preparação dos Gnocchi:
 
Ferva água num tacho. Após levantar fervura deite os gnocchi e deixe cozer durante 3 minutos.
Retire-os da água e coloque num recipiente. Deite o molho por cima, e guarneça com o miolo de noz e o cebolinho.






12/10/22

Cookies com pepitas de chocolate

Olá, boa tarde. Hoje foi dia de fazer bolachas com um cozinheiro muito especial - o meu filho mais velho. Gosto tanto de cozinhar com ele e se o João é um belo cozinheiro!!!
Gosta de alinhar em novas aventuras nas lides da cozinha. 
A primeira vez que as provei foram feitas por ele e pela namorada para me receberem depois das minhas férias (quando cheguei a casa tinha o miminho à espera). 
A receita veio DAQUI É uma delícia e uma autêntica bomba calórica. 😂



Ingredientes (rende 40- 45 bolachas):

- 227 gramas de manteiga com sal (se não tiver uma balança que pese ao pormenor use 225 gramas)
- 200 gramas de açúcar branco
- 220 gramas de açúcar louro
- 2 colheres de chá de extrato de baunilha (se usar aroma meta um bocadinho mais)
- 2 ovos tamanho L (120 gramas sem a casca)
- 360 gramas de farinha T55
- 1 colher de chá de bicarbonato de sódio (para culinária)
- Meia colher de chá de fermento em pó para bolos
- 1 colher de chá de sal marinho (usei sal fino)
- 350 gramas de pepitas de chocolate da sua preferência *



Preparação de forma tradicional:

Pré-aquecer o forno a 190º C. 
Numa tigela misturar a farinha com o fermento, o bicarbonato e o sal. 
Na taça da batedeira juntar a manteiga amolecida (à temperatura ambiente) e os açúcares até envolver tudo. Juntar o extrato de baunilha e os ovos e bater até obter uma massa fofa.  
Adicionar a mistura da tigela e misturar bem até estar tudo ligado. 
Adicionar as pepitas* e misturar. 
Fazer bolinhas com as mãos ou usar uma colher de gelado, por exemplo. 
Forrar um tabuleiro de forno com papel vegetal ou com um tapete de silicone, colocar nele 6 bolinhas afastadas umas das outras e levar a cozer durante 7 minutos ou até começarem a dourar (as bolachas vão parecer que não estão prontas, mas não deixe mais tempo pois durante o tempo de repouso vão acabar de cozinhar.
Retirar o tabuleiro do forno e deixar as bolachas repousarem durante 2 minutos antes de as retirar para uma rede ou prato. 
Deixe arrefecer e guarde numa caixa com tampa 




Notas: Nós dividimos a massa em três porções iguais e em cada uma colocámos 115 gramas de pepitas diferentes (chocolate branco, chocolate negro e chocolate de leite).

09/10/22

Tomate seco

Olá, boa tarde. Esta receita já foi feita há uns tempos, mas só agora a venho publicar. Na altura do tomate, deram-me alguns e eu decidi aproveitá-lo da melhor maneira. Tal como no ano passado fiz molho de tomate e desta vez também tomate seco. Pesquisei e encontrei AQUI esta receita. Em comparação com outras receitas, feitas no forno ou num desidratador de alimentos, que demoram imenso tempo, esta feita na fritadeira de ar quente é super-rápida.
Ficou aprovada. 




Ingredientes:

- Tomate q.b.  - Usei tomate cherry do maior (A quantidade depende do tomate que tier para gastar)
- Açúcar q.b. (1 colher de sopa para cada 250 gramas de tomate)
- Sal q.b.(1 colher de chá para cada 250 gramas de tomate)




Modo de preparação na fritadeira de ar quente:

Lave, corte os tomates e retire-lhes a polpa (reserve a polpa de tomate para outra receita como, por exemplo, molho de tomate).
Transfira os tomates para um passador ou uma rede funda, cubra com açúcar e sal e deixe descansar durante 30 minutos, para que escorram o excesso de líquido.
Coloque os tomates, uns ao lado dos outros, na fritadeira de ar quente, sem os sobrepor. Regue com azeite, acrescente o alecrim e alho laminado.
Programe 30 minutos a 160 graus.
Repita este processo até terminar a quantidade de tomate que vai fazer. Quando os tomates estiverem sequinhos, retire e deixe arrefecer. Transfira para um frasco de vidro limpo e esterilizado, colocando alternadamente uma camada de tomate, alho laminado, e azeite. Cubra com azeite e feche bem. Guarde no frigorifico e vá usando (dura pelo menos 3 meses)

 


Notas:  Se preferir pode temperar os tomates com outras ervas da sua preferência, como orégãos e tomilho.



26/09/22

Marmelos assados com Calda de Vinho do Porto e especiarias

Falhei o desafio da rúbrica “O ingrediente do mês” do Blog Intrusa na cozinha e Flor de Rosmaninhode Ssetembro, mas não podia faltar ao de Outubro.
Resolvi tirar uns marmelos da fruteira e asseio-os com uma deliciosa calda. A receita encontrei-a aqui, mas foi enviada para eles por "Sabores da Alma".

Ingredientes: 

- 3 Marmelos
- 200 ml de água
- 100 ml de vinho do Porto 
- Sumo de 1 limão  
- 4 colheres de sopa de açúcar mascavado 


Preparação no robot de cozinha:


Deite no copo do robot o sumo do limão, o vinho do Porto, a água, o açúcar, o anis e a canela. Programe 3 minutos, temperatura 100º C, velocidade 1. 

Entretanto, corte os marmelos ao meio e retire o caroço.

Num pirex, coloque as metades do marmelo e regue com a calda preparada.

Leve a assar em forno pré-aquecido (a 180ºC) e vá virando e regando os marmelos com a calda.



Preparação de forma tradicional: 

Coloque o sumo do limão, o vinho do Porto, a água, o açúcar, o anis e a canela num tacho e leve ao lume.

Deixe ferver uns minutos.

Entretanto, corte os marmelos ao meio e retire o caroço.

Num pirex, coloque as metades do marmelo e regue com a calda preparada.

Leve a assar em forno pré-aquecido (a 180ºC) e vá virando e regando os marmelos com a calda.








28/07/22

Ovo Benedict

Olá olá. Gosto tanto deste petisco. Ainda não tinha a receita aqui no blog e esta foi a altura ideal para a fazer pois este mês a estrela da rúbrica“ O ingrediente do mês” do Blog Intrusa na cozinha e Flor de Rosmaninho é o ovo. 
Resumindo, trata-se de uma sandes com ovo estrelado em cima e guarnecida com molho holandês. 
Desta vez usei bacon frito e duas fatias de pão de forma para fazer a ninha sandes. Ficou deliciosa. Um verdadeiro pecado da gula. 
Uma vez que fiz este petisco só para mim, reduzi os ingredientes do molho para metade e mesmo assim ainda sobrou. 



Ingredientes para o molho holandês (1 receita inteira):

- 4 gemas de ovo
- 50 gramas de água
- 130 gramas de manteiga
- 1/2 colher de chá de sal
- Pimenta, q.b.
- Sumo de meio limão

Ingredientes para cada sandes:

- 2 fatias de pão (usei de forma)
- 1 ou duas fatias de fiambre (usei bacon)
- Manteiga q.b.
- 1 ovo estrelado
- Salsa para polvilhar (opcional)



Preparação do molho no robot de cozinha:  

Coloque no copo as gemas, a água, a manteiga, o sal, a pimenta e o sumo de limão e aqueça 4 minutos, temperatura 70°C, velocidade 4. Sirva de seguida.

Preparação do molho de forma tradicional: 

Leve um tacho com água ao lume, para o banho maria.
Coloque as gemas e a água numa taça, e adicione-a dentro do tacho que está ao lume, deixe cozer, sempre a bater com uma vara de arames, e sem deixar ferver.
Quando as gemas estiverem fofas, acrescente a manteiga e o sumo de limão, o sal e a pimenta, e envolva bem. Retire e reserve-.

Preparação da sandes: 

Frite o bacon até ficar estaladiço.
Toste as fatias de pão e barre com manteiga.
Coloque 1 ou 2 fatias de bacon entre as fatias de pão, o ovo e sirva regado com o molho.
 

 
Notas: 
Se o molho estiver líquido programe mais 1-2 minutos, temperatura 70°C, velocidade 4.
Se o molho estiver espesso adicione 2 c. de sopa de água e misture 30 segundos na velocidade 2 antes de servir.



21/07/22

Croque Madame

Boa noite. hoje fiz um croque Madame para o jantar,  uma receita muito popular e consumida em França, nos cafés e bistrôs franceses. Lá, também existe o croque monsieur, que é a mesma coisa, mas sem o ovo para finalizar.
Esta sanduiche  teve origem em França por volta de 1910 no menu de um café parisiense. 
Quase que não conseguia participar na rúbrica“ O ingrediente do mês” de Julho do Blog Intrusa na cozinha e Flor de Rosmaninho, mas consegui.



Ingredientes para cada unidade:

- 2 fatias de pão de forma
- 1 fatia de queijo
- 1 fatia de fiambre
- 1 ovo estrelado
- Queijo ralado q.b.
- Molho Béchamel q.b.


Ingredientes para o bechamel: 

- 300 gramas de leite
- 60 gramas de farinha
- 60 gramas de manteiga
- q.b. de sal 
- q.b. de pimenta
- q.b. de noz moscada

- 200 gramas de natas 



Modo de preparação do Béchamel no robot de cozinha:

Coloque no copo do robot todos os ingredientes, excepto as natas e programe 6 minutos, temperatura 90º C, velocidade 4.
Incorpore as natas pelo bocal da tampa e programe 2 minutos, temperatura 90º C, velocidade 4. 

Modo de preparação do Béchamel de forma tradicional:

Num tacho, também anti-aderente, coloque a manteiga , deixe derreter e junte a farinha. Adicione, pouco a pouco, o leite e misture bem para não fazer grumos .Tempere com o sal , a pimenta e a noz moscada. Deixe engrossar, mexendo sempre. Incorpore as natas , misture e deixe levantar fervura.


Montagem da sanduiche:

Num tabuleiro de ir ao forno (eu usei mesmo o tabuleiro do próprio forno e forrei com papel de forno), disponha tantas fatias de pão de forma quantas quiser. Barre cada uma com molho Béchamel, coloque uma fatia de queijo e outra de fiambre. Cubra com nova fatia de pão de forma e deite novamente uma porção de molho Béchamel. Polvilhe com queijo ralado e um ovo estrelado. 
Leve ao forno pré aquecido  a gratinar (cerca de 10 minutos).

Sirva com batatas fritas e s.alada, por exemplo





18/07/22

Vitaminas naturais - o livro

 Olá olá, Boa tarde. 
Têm estado uns dias de um calor extremo. Hoje corre uma aragem bem agradável, por isso estou sentada numa cadeira na minha varanda a escrever este post e está-se tão bem (embora a claridade atrapalhe um pouco a escrita e vá, talvez, demorar o dobro do tempo a escrever 😁).
Hoje é dia de os apresentar um livro que a Arteplural edições gentilmente me enviou. 
"Vitaminas Naturais" de Lizzie Streit, nutricionista, é um guia fantástico que nos ensina como usar as vitaminas de forma correta.
O que posso eu dizer sobre este livro?
Numa primeira abordagem achei um livro muito interessante, bem estruturado, apelativo e que todos devem ter na sua biblioteca.
A autora aborda de forma simples, prática e apelativa os temas a que se propõe.



Quer compreender melhor  função das vitaminas no nosso corpo, quantidades certas a ingerir, os alimentos que nos fornecem cada vitamina? Neste livro encontra as repostas.
Vitaminas Naturais encontra-se dividido em três capítulos: 
A parte I deste livro cobre as vitaminas essenciais, começando com as lipossolúveis e continuando com as hidrossolúveis e a colina (um composto idêntico às vitaminas). A parte II centra-se primeiramente nos minerais primários, antes de introduzir os minerais secundários.
Já a última secção do livro, a parte III, inclui uma seleção de páginas dedicadas à aplicação prática, na sua dieta quotidiana, do seu conhecimento sobre vitaminas e minerais.




Capitulo I : Vitaminas( as suas funções, ingestão diária recomendada)


  • Vitamina A- A amiga da visão
  • Vitamina D - A vitamina do sol
  • Vitamina E - A protetora das células
  • Vitamina K - A vitamina coagulante
  • Vitamina B1- A primeira vitamina B
  • Vitamina B2 - A ajudante das enzimas
  • Vitamina B3 - O reparador de ADN
  • Vitamina B5 - A vitamina Omnipresente
  • Vitamina B6 - A criadora de proteínas
  • Vitamina B9 - A vitamina das folhas
  • Vitamina B12 - A protetora do sistema nervoso
  • Biotina- A vitamina da beleza 
  • Colina - A protetora do fígado
  • Vitamina C - O antioxidante poderoso


Capitulo II : Minerais

  • Cálcio - O construtor de ossos
  • Cloro - O parceiro do sódio
  • Magnésio - O mineral calmante
  • Fósforo - O construtor da membrana celular
  • Potássio - O mineral da pressão arterial
  • Sódio - O ajudante do sabor
  • Enxofre - A fonte proteica
  • Crómio - O ativador da insulina
  • Cobre - O mineral da pigmentação
  • Flúor - O obstáculo das cáries
  • Iodo - O ajudante da tiroide
  • Ferro - O construtor do sangue
  • Manganésio - O protetor das mitocôndrias
  • Molobnénio - O nutriente "sujo"
  • Selénio - O antioxidante mineral
  • Zinco - O mineral da imunidade



Capitulo III : Vitaminas, Minerais e nós

Quis os alimentos ricos em cada vitamina e mineral (comer o arco-íris) , algumas sugestões de receitas e um guia rápido para uma refeições saudáveis. 


Sobre a autora 

Onde comprar

25/06/22

Limonada de mirtilo

Olá, como estão? Espero que bem.
Hoje trago uma limonada diferente e deliciosa. Esta é de mirtilo.
Fica com uma cor linda e um gosto fantástico.
 Mais uma receita para a rúbrica“ O ingrediente do mês” de Junho do Blog Intrusa na Cozinha Flor de Rosmaninho.
  



 Ingredientes:

- 1 limão
- 125 gramas de mirtilos
- 100 gramas de açúcar (ou o seu equivalente em adoçante)
- 1000 gramas (1 litro) de água
- Gelo q.b.
 


Preparação no robot de cozinha:

Coloque no copo os ingredientes e prima a tecla Turbo durante uns segundos segurando sempre o copo de medida (depende do gosto mas eu dei 6 toques de turbo).
Introduza o cesto dentro do copo, e coe a limonada para um jarro com cubos de gelo.
Sirva de seguida.
 


Preparação de forma tradicional:

Lave o limão. Parta-o em 4. Colocar tudo num liquidificador. Verter para um jarro. Adicionar o açúcar e mexer bem. Adicionar a água.
Por fim juntar o gelo e servir bem fresco.




13/06/22

Tapa do mar

Olá boa tarde. 
Hoje fiz um petisco que já não fazia há muito tempo. Uma deliciosa tapa do mar. 
Acreditem que sabe mesmo bem, agora que começam a apetecer refeições mais leves e frescas. Para uma entrada ou mesmo para preto principal se vos apetecer (porque não?).
Estava convencidíssima de que já tinha publicado a receita aqui no meu blog mas não. 
Estas quantidades dão para fazer bastante (12 porções, dizem). Podem reduzir para metade se quiserem menos.



Ingredientes:

- 250 grams de delícias do mar descongeladas
- 100 gramas de pimento verde cortado em pedaços
- 100 gramas de pimento vermelho cortado em pedaços
- 50 gramas de cebola
- 2 ovos cozidos
- 100 gramas de azeite
- 50 gramas de vinagre
- ½ colher de chá de sal
- 10 gramas de salsa
 

 
Modo de preparação no robot:
 
Coloque no copo as delícias do mar e desfie 4 segundos na velocidade 4, colher inversa.
Retire e reserve.
Coloque no copo os pimentos verde e vermelho, a cebola, os ovos, o azeite, o vinagre, o sal e a salsa e pique 3 segundos na velocidade 5. Retire, adicione às delícias do mar e envolva com a ajuda da espátula. Sirva com tostas ou pão torrado.



Modo de preparação de forma tradicional:
 
Coloque as delícias do mar num processador de alimentos e desfie (ou desfie-as à mão pois é fácil de fazer).
Retire e reserve. Coloque no copo os pimentos verde e vermelho, a cebola, os ovos, o azeite, o vinagre, o sal e a salsa e pique tudo. Retire, adicione às delícias do mar e envolva com a ajuda da espátula. Sirva com tostas ou pão torrado.



11/06/22

Néctar de damasco

Boa tarde.
A minha irmã deu-me damascos (muitos damascos!!!!). Depois de comer bastantes, decidi usar alguns para fazer um néctar caseiro.
Fui procurar uma receita e encontrei esta no blog da minha amiga Sandrine Ginja - As várias faces da Ginja.
Fiz o dobro da receita e quase me arrependi pois começou a querer deitar para fora e tive que colocar o cesto por coma da tampa para impedir. O tempo de cozedura também foi o dobro. A quantidade dos ingredientes que vou deixar é a de uma receita.
Acabou por correr bem. Ufa.
Agora não sei é se vou conseguir beber todo o néctar a tempo de ele não se estragar (sinceramente não sei qual a durabilidade e sou a única que o bebe cá em casa).
Não vou mudar muito o texto da Sandrine pois, além de não ver necessidade em fazê-lo, sei que ela não se vai importar, afinal menciono sempre a origem das minha receitas.

 


Ingredientes:
 
- 500 gramas de damascos (lavadas, descascadas e cortadas aos pedaços) – Usei 1 quilo
- 500 ou 700 gramas de água – usei 1200 gramas
- Açúcar q.b. (meti 100 gramas)
- Gotas de limão q.b.

 



Preparação no robot de cozinha:
 
Lavar, descascar e cortar os damascos em pedaços, regar com as gotas de limão e reservar.
Colocar no copo do robot e adicionar a mesma quantidade de água (para um néctar menos espesso deverá colocar as 700 gramas de água) e programar 15 minutos na temperatura 100ºC, velocidade 1.
Adicionar o açúcar e triturar, progressivamente da velocidade 5-6-7.
Verter para os frascos de vidro, previamente esterilizados, colocar as tampas e inverter os frascos deixando arrefecer assim (este procedimento permite criar vácuo e aumentar o tempo de vida do produto).
Deixe arrefecer e reserve no frigorífico até servir.

 


Preparação de forma tradicional:
 
Lavar, descascar e cortar os damascos em pedaços, regar com as gotas de limão e reservar.
Colocar uma panela e adicionar a mesma quantidade de água (para um néctar menos espesso deverá colocar as 700 gramas de água) e quando ferver juntar o alperce. Adicionar o açúcar e
deixar ferver entre 10 e 15 minutos. Quando estiverem cozidos, triturar com a ajuda de uma varinha mágica.
Verter para os frascos de vidro, previamente esterilizados, colocar as tampas e inverter os frascos deixando arrefecer assim (este procedimento permite criar vácuo e aumentar o tempo de vida do produto).
Quando frio, colocar no frigorífico até servir.