04/01/21

Sopa de agrião

Olá. 
Para desenjoar dos doces do Natal e da Passagem de ano, resolvi servir-vos uma quente e reconfortante sopa. 
Esta é de agrião. Bom apetite !

















Ingredientes:

- 150 gramas de cebola cortada em pedaços
- 150 gramas de alho-francês cortado em pedaços
- 100 gramas de cenoura cortada em pedaços
- 100 gramas de abóbora cortada em pedaços
- 200 gramas de batata cortada em pedaços
- 1000 gramas (1 litro) de água
- 1 colher de chá de sal
- 30 gramas de azeite
- 100 gramas de agrião, só as folhas
 

Preparação de forma tradicional:

Leve uma panela ao lume com a cebola, o alho-francês, a cenoura, a abóbora, a batata, a água, o sal e o azeite e deixe cozer bem.
De seguida triture.
Adicione o agrião e deixe cozinhar (cerca de 3 minutos).
Sirva de seguida.



Preparação no robot de cozinha:

Coloque no copo a cebola, o alho-francês, a cenoura, a abóbora, a batata, a água, o sal e o azeite e coza 25 minutos, temperatura 100°, velocidade 1.
De seguida triture 1 minuto na velocidade 5-7, aumentando progressivamente a velocidade.
Adicione os agriões e programe 3 minutos, temperatura 100°C, velocidade 1.
Sirva de seguida.


03/01/21

Rabanadas com calda

Olá e votos de um bom ano para todos vocês que visitam este cantinho, quer aqui quer nas outras redes sociais. Para começar deixo-vos uma das iguarias que fiz para a passagem de ano (não fiz muita coisa pois eramos só 3 em casa, uma vez que esta pandemia não nos permitiu sair do concelho e estar com a família). 
Rabanadas com uma calda bem aromática. 

Ingredientes para a calda:
 
- 200 gramas (2 dl) de água
- 200 gramas de açúcar
- 2 tiras de casca de laranja
- 2 tiras de casca de limão
- 1 pau de canela
- 1 estrela de anis
- 30 gramas de vinho do Porto
 
Ingredientes para as rabanadas:

- 1000 gramas (1 litro) de leite
- 80 gramas de açúcar
- 2 tiras de casca de limão
- 1 pau de canela
- 20 fatias de pão de forma seco, fatiado grosso (aproximadamente 800 g) - Usei cacete para rabanadas
- 6 ovos batidos
- Óleo q.b. para fritar
 



Preparação da calda e do banho de leite no robot:
 
Calda
Coloque no copo a água, o açúcar, 2 tiras da casca de laranja, 2 tiras da casca de limão, o pau de canela e a estrela de anis e aqueça 5 minutos, temperatura 120°C, velocidade colher inversa.
Adicione o vinho do Porto e envolva 10 segundos, velocidade 1, colher inversa. Retire e reserve.
 
Banho de leite e rabanadas
Coloque no copo o leite, o açúcar, 2 tiras da casca de limão e o pau de canela e aqueça 5 minutos, temperatura 90°C, velocidade colher inversa. Deixe arrefecer cerca de 30 minutos e coe com a ajuda do cesto. 

Passe as fatias de pão pelo leite e de seguida pelos ovos batidos e frite em óleo abundante e quente. Retire e coloque sobre papel absorvente para retirar o excesso de óleo. Sirva cobertas com a calda reservada



Preparação da calda e do banho de leite de forma tradicional: 

Calda
Leve ao lume um tacho com a água, o açúcar, 2 tiras da casca de laranja, 2 tiras da casca de limão, o pau de canela e a estrela de anis e deixe ferver 5 minutos.
Adicione o vinho do Porto e misture. Retire e reserve.

Banho de leite
Leve ao lume um tacho com o leite, o açúcar, 2 tiras da casca de limão e o pau de canela e deixe ferver 5 minutos. Deixe arrefecer cerca de 30 minutos e coe com a ajuda de um passador. 

Passe as fatias de pão pelo leite e de seguida pelos ovos batidos e frite em óleo abundante e quente. Retire e coloque sobre papel absorvente para retirar o excesso de óleo. Sirva cobertas com a calda reservada


29/12/20

Paris Brest

Olá boa noite. Como estão? Espero que bem. 
Pois é, o Natal deste ano tão atípico já passou e caminhamos a passos largos para o final do ano. Era bom que ele levasse embora o maldito vírus, mas não creio, infelizmente.
Bem, hoje trago-vos uma receita de Paris Brest que recheei com creme de pasteleiro, natas batidas e pêssego (podem rechear com qualquer outra coisa que gostem). 



Ingredientes para a massa:

- 300 gramas de farinha tipo 65
- 500 gramas de água
- 100 gramas de manteiga
- ½ colher de chá de sal
- 1 colher de chá de açúcar
- 6 ovos batidos
- Leite q.b. para pincelar

Ingredientes para o creme de pasteleiro: 

- 70 gramas de açúcar
- 1 laranja (casca, só a parte laranja)
- 1 limão (casca, só a parte amarela)
- 2 ovos
- 1 colheres de sopa de açúcar baunilhado
- 300 gramas de leite
- 25 gramas de licor (opcional)
- 15 gramas de amido de milho

Complementos para o recheio:

- 1 pacote de natas
- Açúcar (quantidade  a gosto para adoçar as natas)
- Pêssego em calda q.b.
- Chocolate de culinária para enfeitar
 


Modo de preparação da massa no robot:

Coloque um recipiente sobre a tampa do  robot e pese a farinha. Reserve. Coloque no copo a água, a manteiga, o sal e o açúcar e aqueça 6 minutos, temperatura100°, velocidade  1. Adicione a farinha reservada e misture 20 segundos na velocidade 4. Retire o copo da base e deixe arrefecer cerca de 10 minutos. Pré-aqueça o forno a 180°C. Forre um tabuleiro de forno com papel vegetal e reserve. Coloque o copo na base, programe 1 minuto e meio na velocidade 5 e adicione, em fio, através do bocal da tampa, os ovos batidos. Retire a massa para um saco de pasteleiro com um bico estrelado (com 3 cm de diâmetro aproximadamente.), e no tabuleiro reservado faça círculos sobrepostos (do tamanho que desejar). Pincele com leite. Leve ao forno a 180°C cerca de 1 hora e 15 minutos ou até dourar e sentir oco ao toque. Desligue o forno e deixe arrefecer dentro do forno com a porta aberta, cerca de 10 minutos. Retire o tabuleiro do forno e deixe arrefecer por completo.

Modo de preparação do creme de pasteleiro no robot:

Coloque no copo o açúcar e pulverize 10 segundos na velocidade 9. Adicione a casca de laranja e a de limão e pulverize 15 segundos na velocidade 9. Adicione o ovo, a gema de ovo, o açúcar baunilhado, o leite, o licor e o amido e misture 6 minutos, temperatura 90°C, velocidade 4. 



Modo de preparação da massa de forma tradicional:

Numa panela, levar ao lume a água, a manteiga, o açúcar e o sal. Quando a mistura começar a ferver, apagar o lume e adicionar a farinha de uma só vez. Mexer bem e levar novamente a lume brando. Cozinhar a massa até soltar do fundo da panela (quando se forma uma fina película de massa no fundo da panela) e formar uma bola. Verter a massa para uma tigela e deixar arrefecer. Com a massa fria, adicionar os ovos um a um, incorporando bem entre cada adição. A massa deve ficar lisa e brilhante. Não pode ficar muito mole e tem de ficar elástica o suficiente para ser capaz de manter seu formato ao ser modelada. Pré-aqueça o forno a 180°C. Forre um tabuleiro de forno com papel vegetal e reserve. Retire a massa para um saco de pasteleiro com um bico estrelado (com 3 cm de diâmetro aproximadamente.), e no tabuleiro reservado faça círculos sobrepostos (do tamanho que desejar). Pincele com leite. Leve ao forno a 180°C cerca de 1 hora e 15 minutos ou até dourar e sentir oco ao toque. Desligue o forno e deixe arrefecer dentro do forno com a porta aberta, cerca de 10 minutos. Retire o tabuleiro do forno e deixe arrefecer por completo.

 

Modo de preparação do creme de pasteleiro de forma tradicional:


Com o auxilio de um processador de alimentos reduzir o açúcar a pó (ou utilizar logo açúcar em pó de compra). Adicionar as raspas dos citrinos.  Junte o ovo, a gema de ovo, o açúcar baunilhado, o leite, o licor e o amido e misture muito bem. Leve ao lume brando até engrossar. 



Montagem do Paris Brest:

Após a coroa de massa esgar cozida, deixe-a arrefecer completamente. 
Com a ajuda de uma faca serrilhada, corte-a em duas metades no sentido  horizontal.. Bata as natas com açúcar (quantidade a gosto). 
Coloque uma camada de creme de pasteleiro na metade de baixo da coroa de massa choux e por cima uma de chantilly. Por cima coloque fatias de pêssego.
Coloque por cima a outra metade da coroa de massa. Polvilhe com açúcar em pó,  decore com fios de chocolate derretido.
Finalize como quiser.








07/12/20

Geleia de marmelo

Olá boa tarde. Espero que estejam bem.
Aventurei-me a fazer, pela primeira vez (sim, leram bem) geleia de marmelo. O resultado foi perfeito e ficou deliciosa. 
A receita fui buscar ao portal Cookidoo.





Ingredientes:

- Caroços de 800 g de marmelo (usei as cascas também)
- 450 gramas de água
- ¼ marmelo com casca cortado em pedaços
- 400 gramas de açúcar





Modo de preparação no robot:

Coloque no copo os caroços e a água e aqueça 15 minutos, temperatura 100°C, velocidade 1. Coe o líquido por um passador de rede fina.
Pese no copo 400 g do líquido coado, adicione o marmelo e triture 1 minuto e 30 segundos na velocidade 9.
Adicione o açúcar e cozinhe 40 minutos, temperatura 120°C ou varoma, velocidade 1 e coloque o cesto sobre a tampa, em vez do copo medida, para evitar salpicos.
Verifique o ponto da geleia (retire um pouco para um prato e com uma  colher verifique se faz uma estrada no meio), retire para frascos de vidro com tampa hermética previamente esterilizados e feche bem. Guarde num local fresco e seco.


Modo de preparação de forma tradicional **:

Descasque os marmelos e reserve os caroços e as cascas Cozinhe as cascas em lume brando e deixe reduzir pelo menos até metade. Filtre o líquido num coador fino para reter todas as impurezas. Coloque as cascas e os caroços numa panela até ficarem submersos. Leve ao lume e adicione o açúcar  Reifique a consistência: a geleia deve estar ainda líquida mas com espessura Verifique o ponto da geleia (retire um pouco para um prato e com uma  colher verifique se faz uma estrada no meio), retire para frascos de vidro com tampa hermética previamente esterilizados e feche bem. Guarde num local fresco e seco.



** Receita e texto retirados do PINGO DOCE


30/11/20

Pão de forma

Olá boa tarde a todos. 
Hoje partilho convosco uma receita que me foi dada por um amigo. O Chef António Manalvo, que eu tive o privilegio de conhecer. 
Claro que só a partilho pois ele deu-me autorização e até me disse que é uma honra eu a partilhar aqui. Muito obrigada Chef Manalvo e agradeço também o elogio que fez ao meu pão quando lho mostrei. 
E o que faz este pão ficar tão amarelinho? Pois, essa cor deve-se à utilização da margarina Bolo Rei (BR).
Vamos lá então.




Ingredientes:

- 500 gramas de farinha 55
- 150 gramas de margarina BR (manteiga Bolo Rei) , ou normal
- 15 gramas de sal grosso, dissolvido na água
- 25 gramas de açúcar
- 1 ovo
- 300 gramas de água à temperatura ambiente
- 20 gramas de levedura desidratada
- 1 colher de sopa mal cheia de leite em pó
- Um pouco mais de farinha se a massa estiver líquida

 


Preparação:

Cortar a margarina aos pedaços e deixar amolecer um pouco. Colocar os sólidos na cuba da batedeira, a levedura e o ovo. 
Dissolver o sal na água.
Ligar a batedeira na velocidade 2 e ir adicionando a água aos poucos e até ver que é necessário, aumentando também a velocidade da batedeira para a 4.
Quando a massa se despejar da cuba, retira-se para uma superfície polvilhada com um pouco de farinha. 
Deixar levedar 30 minutos.
Pré aquecer o forno a 180ºC.
Polvilhar uma forma de bolo inglês com uma mistura de farinha e pão ralado, em partes iguais*, moldar  o pão e colocar na forma, ajeitando-o depois. Colocar lá dentro um recipiente com água quente (para dar humidade ao forno e dar crocância ao pão).
Coze 180 graus cerca de 30 minutos.
Pode pincelar com ovo batido e leite antes de cozer.

 

 Notas : * Esta mistura de farinha e pão ralado impede que o pão (também dá para bolos) se pegue ao fundo da forma e desinforme na perfeição (truque também ensinado pelo chef Manalvo).

Para cozer este pão usei uma forma da Metalúrgica.